12 de set de 2012

Mathjax para Moodle 2.0 ou 2.x

Conforme já abordado neste blog (http://jpiton.blogspot.com.br/2012/09/formulas-matematicas-latex-para.html), o Mathjax é um engine JavaScript que gera fórmulas matemáticas em paginas web, obtendo um resultado final de alta qualidade, bem superior ao mimetex e o latexrender. Ele é opensource e trabalha com LaTeX, MathML e AsciiMath em navegadores modernos.

Ele pode ser instalado no Moodle e foi testado na versão 2.3.

Passo 1 (instalação)

Baixe a última versão do Mathjax no site  http://www.mathjax.org/download/, e descompacte os arquivos no diretório moodle do seu Moodle.

Por exemplo, no Ubuntu, se a instalação do Moodle foi realizada for em /var/www/moodle, então descompacte o arquivo em /var/www/moodle. Desta forma, a pasta mathjax estará dentro da pasta moodle.

Passo 2 (aplicação no Moodle)

Vá no menu Administração-> Aparência-> HTML adicional. Coloque o texto abaixo no campo "Dentro da tag HEADadditionalhtmlhead" os comandos abaixo.



ip-servidor é o ip (ou o host) do seu servidor moodle, que deve ser atualizado no código acima.

Pronto. Agora é só testar a fórmula entre [tex] fórmula [/tex]. Este comando pode ser trocado por qualquer outro, com por exemplo $$. Basta trocar após o comando inlineMath.






4 de set de 2012

Analfabetismo financeiro no Brasil e Educação Financeira


O Brasil é considerado um país com alguns "tipos" de analfabetos, e agora mais um tipo entra para a lista: o Analfabetismo Financeiro. Certamente conhecimentos de Matemática Financeira e informática (planilhas de cálculo e calculadoras) fazem parte deste cenário.

A abertura de crédito fácil e a inflação baixa iludem o brasileiro em suas compras. As pessoas devem ter estratégias, logísticas e previsões para gastos.  É importante conhecer  e mensurar se o juro envolvido faz com que a transação financeira "compense" ou não. Ou seja, 2% de R$ 500,00 não tem o mesmo "impacto financeiro" que 2% em um carro financiado de R$ 30.000,00.

Se estamos em um país capitalista é normal saber trabalhar com suas próprias finanças ao longo do tempo. "Uma pesquisa nacional realizada em 2008 com apoio da BMFBovespa mostrou que é muito baixo o grau de educação financeira da população brasileira" (Folha, 2010).

Para Ricardo R. Rochman da FGV-EAESP "muitas pessoas acreditam que certos varejistas de eletrodomésticos financiam, mesmo, os seus produtos a juros zero. É duro dizer que juros zero simplesmente não existem! Ademais, quem crê na ausência de juros no financiamento deixa de barganhar e desembolsa mais do que outros pelo mesmo produto" (Rochman, 2009).

Para melhorar este cenário, o Governo Federal instituiu por decreto a Estratégia Nacional de Educação Financeira. As diretrizes da Estratégia Nacional de Educação Financeira foram publicadas no Diário Oficinal de União de 23/12, p.7-8. Assim, a Educação Financeira será obrigatória em escolas públicas a partir de 2012, conforme matéria da Folha de São Paulo (http://www1.folha.uol.com.br/mercado/851199-educacao-financeira-sera-obrigatoria-em-escolas-publicas-a-partir-de-2012.shtml).

Há o Programa Educação Financeira nas Escolas, que foi desenvolvido para ajudar os alunos a enfrentarem os desafios cotidianos e a realizarem seus sonhos por meio do uso adequado de ferramentas financeiras, contribuindo assim para um futuro melhor não somente para si próprios como também para o país.  Mais detalhes do curso: http://www.vidaedinheiro.gov.br/EducacaoFinanceira/Default.aspx

Na questão curricular, há a proposta de uma matriz de competências desenvolvida com apoio do Instituto Unibanco (http://www.bc.gov.br/pre/evnweb/atividade/18nov_Painel%204_Palestra%20geral_Jose%20A%20Vasco_201012151218313930.pdf).

Para saber um pouco sobre a História da Matemática Financeira, recomendo um artigo meu escrito em 2005: Breve História da Matemática Comercial e Financeira 2005. (http://hypatia.dm.ufscar.br/jpiton/index.php?option=com_content&view=article&id=12:historiamatematicafinanceira&catid=4:download&Itemid=11)

Febraban lança aplicativo Android para controlar gastos do consumidor
https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.meubolsoemdia.jimbo

Matéria: 9 ideias para juntar uma grana em 2011 - IG (http://jovem.ig.com.br/oscuecas/noticia/2010/12/27/9+ideias+para+juntar+uma+grana+em+2011+10334500.html)




3 de set de 2012

Fórmulas matemáticas Latex para HTML/Javascript - Mathjax


O Mathjax é um engine JavaScript que gera fórmulas matemáticas em paginas web, obtendo um resultado final de alta qualidade, bem superior ao mimetex e o latexrender. Ele é opensource e trabalha com LaTeX, MathML e AsciiMath em navegadores modernos.

O Mathjax é patrocinado pela AMS e SIAM, e compatível com muitos navegadores (http://www.mathjax.org/resources/browser-compatibility/).


Exemplo no blogger: \(\displaystyle\frac{\partial}{\partial \pmb{\theta}}\ln{L(\pmb{u}|\pmb{\theta})}=\pmb{0}\), \(x = \displaystyle{-b \pm \sqrt{b^2-4ac} \over 2a}\).

Código:

Minitutorial de "instalação" do Mathjax em sua homepage

1- Abra o código fonte de sua página html, e insira os comandos abaixo:



2- Agora, faça um teste. Na parte principal da página (ou seja, entre ) coloque as fórmulas latex entre $fórmula$. Mais comandos: http://www.mathjax.org/docs/2.0/tex.html


Salve e teste.

Observem que o "compilador" está alocado em um servidor do projeto da AMS, mas que pode ser instalado localmente em um outro servidor, desde que atenda a licença Apache.

Site oficial: http://www.mathjax.org