2 de ago de 2016

Falece o professor Seymour Papert, um dos precursores da informática na educação

Prezados leitores.

É com pesar e tristeza que transmito a notícia da morte do Matemático e Educador Seymour Papert, que faleceu no dia 31 de julho de 2016. Fonte: http://news.mit.edu/2016/seymour-papert-pioneer-of-constructionist-learning-dies-0801

Papert é um dos pioneiros no trabalho de computadores na educação e da inteligência artificial. Também é o criador da linguagem LOGO. Ele é reconhecido internacionalmente como o precursor sobre as maneiras em que os computadores podem ajudar aprendizagem, principalmente a matemática.

Seus livros mais conhecidos são Mindstorms: Children Computers and Powerful Ideas (1980) e The Children's Machine: Rethinking School in the Age of the Computer (1992). Um importante livro é o Perceptrons (1970), escrito em conjunto com Marvin Minsky.

Nascido e educado na África do Sul (Pretória), participou ativamente do movimento anti-apartheid. Papert, na época, foi perseguido. Ele trabalhou com Jean Piaget na Universidade de Genebra, de (1958-1963), que o levou a conceber o Construcionismo.

Papert, um pioneiro, visionário, influente e um grande professor e pesquisador que deixa sua marca na Educação. Quem ainda não leu seus livros, sugiro fortemente realizar a leitura. Suas ideias são tão fortes, marcantes e atuais, que parece que estamos lendo um livro de 2008 ou 2009.

Nós da área de informática e tecnologias na Educação devemos e agradecemos muito a ele!



 (Pretória, 1 de Março de 1928 – Blue Hill, Maine, 31 de julho de 2016)

Sugestões: assista o vídeo do encontro de Papert com Paulo Freire e visite a Tese de doutorado intitulada Diálogo entre Paulo Freire e Seymour Papert: a prática educativa e as tecnologias digitais de informação e comunicação de Flavio Rodrigues Campos.