9 de mar de 2009

Reflexão: TIC e a formação de professores de Matemática

Por Prof. Jean Piton

Criar ambientes informatizados na escola, talvez seja um dos grandes desafios de nossas escolas, e para isso, faz-se necessário e fundamental criar-se verdadeiros cenários de aprendizagem em cursos de Licenciatura em Matemática. Valente (1997, p. 57) menciona que "deve-se criar condições para que o professor saiba recontextualizar o aprendizado e a experiência vividas durante a sua formação para a sua realidade de sala de aula compatibilizando as necessidades de seus alunos e os objetivos pedagógicos que se dispõe a atingir".

Em questões curriculares, o professor do ensino básico deve propiciar o desenvolvimento de competências que permitam que "o aluno deve reconhecer e avaliar o desenvolvimento tecnológico contemporâneo, suas relações com as ciências, seu papel na vida humana, sua presença no mundo cotidiano e seus impactos na vida social" (BRASIL, 2002, p. 32) e ainda "deverá acompanhar criticamente o desenvolvimento tecnológico contemporâneo, tomando contato com os avanços das novas tecnologias nas diferentes áreas do conhecimento para se posicionar frente às questões de nossa atualidade. Utilizar o conhecimento matemático como apoio para compreender e julgar as aplicações tecnológicas dos diferentes campos científicos... (Ibid., p. 118)".

As Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) devem ser interpretadas com o conhecimento Matemático e com o conhecimento pedagógico do conteúdo Matemático. Com vistas ao desenvolvimento de competências nos estudantes escolares, os futuros professores de Matemática devem estar preparados. Piton-Gonçalves (2004, p. 56) menciona que devemos: "realizar a imersão tecnológica dos educadores, apresentado-lhes as tecnologias de uma forma pedagógica e não somente instrutiva ... deve ser realizada de forma reflexiva e concomitante com os aspectos teórico-metodológicos e processos de ensino/aprendizagem que permeiam os ambientes educacionais". O futuro professor de Matemática deverá estar preparado para enfrentar os problemas e buscar as soluções inerentes ao uso das TIC no contexto educacional, e para isso, deve-se trabalhar com estes estudantes o conhecimento pedagógico do conteúdo matemático e o conhecimento tecnológico inerente a esse contexto.

A visão das TIC no aspecto educacional é complementado por Piton-Gonçalves (2001, p. 17), que "em uma dimensão educacional a Tecnologia não consiste apenas em um recurso a mais para os professores motivarem as suas aulas, consiste sim em um meio que pode propiciar aos alunos novas formas de gerar e disseminar o conhecimento".

Os atuais professores de Matemática devem refletir sobre esse novo contexto tecnológico, criando novas oportunidades para que os alunos aprendam Matemática e ao mesmo tempo utilizem a tecnologia de forma que a Matemática, no contexto tecnológico, torne-se um caminho que possa superar as diferenças sociais e ainda possibilitar a formação adequada do sujeito ao mercado de trabalho".

Referências e Bibliografia

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: PCN+ Ensino Médio: Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 2002.

MILLER, G. A. Computers in Education: A Non-Orwellian View. In HAPER, STEWART, J. H. Run: Computer Education - Brooks/Cole, Monterey, 1983.

PITON-GONÇALVES, J. . Educação a Distância e Informática na Educação em cursos de Licenciatura em Matemática. In: IX ENEM - Encontro Nacional de Educação Matemática, 2007, Belo Horizonte. Anais do IX ENEM, 2007.

PITON-GONÇALVES, J. . Uma experiência na disciplina de informática aplicada ao ensino para a licenciatura em matemática. In: VIII EPEM - Encontro Paulista de Educação Matemática, 2006, São Paulo. Anais do VIII EPEM.

SALVADOR, J. A. ; PITON-GONÇALVES, J. . O Moodle como ferramenta de apoio a uma disciplina presencial de ciências exatas. In: COBENGE - Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia, 2006, Passo Fundo. Anais do XXXIV COBENGE, 2006.

PITON-GONÇALVES, J. . Reflexões Permeadas pelo Software Educativo Formel. Revista Brasileira de Informática na Educação, SBC, v. 12, p. 51-57, 2004.

PITON-GONÇALVES, J. Uso de Jogos Computacionais Educativos Via Internet na Educação Matemática - Projeto FORMEL. In: XVII Prêmio Jovem Cientista, 2001, Brasília/DF. Anais do XVII Prêmio Jovem Cientista. Brasília/DF : CNPq 2001. v. XVII.

VALENTE, J. A.; ALMEIDA, F. J. Visão analítica da informática na educação no Brasil: a questão da formação do professor. Revista Brasileira de Informática na Educação. V. 1, n. 1, p. 45-60, Julho 1997.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algumas recomendações antes de postar um comentário:

* Deve estar relacionado com o assunto da postagem. Caso contrário não será publicado.
* Não serão aceitos: palavrões, ofensas, discriminação e comentários anônimos.

Antecipadamente, obrigado pelo seu comentário.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.