10 de fev de 2010

Professores da rede privada do Estado de São Paulo querem ser pagos por hora extra virtual

Essa é uma discussão que mais cedo ou mais tarde iria acontecer. De fato, trabalhar com o mundo virtual exige tempo, mas muito tempo !!! Acho honesto exigirem por isso, lembrando que na maioria das instituições de ensino, o professor ganha por hora-aula. 

Agora o mais complicado disso é realmente saber quem investe na "hora virtual" voltado para assuntos educacionais. Para isso, as instituições devem adotar critérios justos e também saber se há um retorno educacional dessa empreitada. Ainda cabe, em alguns casos, o trabalho virtual desse professor ser equivalente a uma publicação de material instrucional.

Link para a notícia: http://info.abril.com.br/noticias/internet/professor-quer-aumento-por-trabalho-virtual-09022010-2.shl